Alice Springs

Cerca de 400 mil pessoas visitam por ano a cidade de Alice Springs que serve como base para muitos passeios. Oferecendo toda uma infra-estrutura para receber turistas, esta cidade disponibiliza vários tipos de acomodação, resorts e campings de preços variados.

Protegida por uma barreira de montanhas, Alice Springs conta com um aeroporto próprio e oferece atividades como passeios de camelos pelo deserto, assim como passeios em motos em terrenos arenosos e passeios de balão que proporcionam uma visão magnífica da cidade nas alturas. O Deserto que rodeia a cidade guarda paisagens belíssimas, como inúmeras formações rochosas, consideradas sagradas pelos aborígines da região. Embora muitas atrações fiquem espalhadas ao redor da cidade, Alice Springs é pequena e pode ser facilmente percorrida a pé. O centro possui apenas cinco ruas transversais que vão da Wills Terrace, ao norte, à Stuart Terrace, ao sul. Neste local é possível encontrar vários hotéis e restaurantes além do calçadão Todd Mall. Ao leste da cidade se encontra o rio Todd, que fica seco quase o ano todo.

História

Na década de 1870 foi construído um posto de telégrafo terrestre perto de um poço de água no meio do deserto. O nome deste poço é uma homenagem a Alice Todd, mulher do supervisor da construção da linha de telégrafo. Consequentemente, a cidade foi batizada em homenagem ao poço. O povoado se estabeleceu em 1888, mas era tão isolado que mal podia crescer. A ferrovia só chegou em 1929 e as estradas na década de 1940. O grande fluxo de turistas a partir dos anos 70 foi o responsável pelo desenvolvimento de Alice Springs.

Atrações Turísticas

Anzac Hill:
Situada ao norte de Alice Springs e oferece belas vistas das MacDonnell Ranges e dos contornos da cidade. Esta colina foi batizada assim em homenagem ao memorial Anzac, construído em 1934 no local. A melhor hora para escalar a Anzac Hill é ao nascer ou ao pôr-do-sol, quando a luz deixa a paisagem exuberante.

Museum of Central Austrália:
Localizado no Alice Plaza, este museu enfoca a história natural da região, expondo: fósseis, flora, fauna, minerais e fragmentos de meteoritos. Também possui um excelente acervo de artefatos aborígines.

Adelaide House:
Este foi o primeiro hospital construído na cidade, inaugurado em 1926. Projetado por John Flynn, fundador do Royal Flying Doctor Service. Hoje é um museu em sua homenagem.

Old Courthouse:
Construído em 1928 por Emil Martin, o Old Courthouse funcionou até 1980, quando foram abertos novos tribunais nas proximidades. O edifício foi restaurado recentemente e apresenta exposições dedicadas às primeiras conquistas australianas.

Stuart Town Gaol:
Esta antiga cadeia é o mais antigo edifício do centro de Alice Springs. Inaugurada em 1909, funcionou até 1938, quando uma nova prisão foi erguida na Stuart Terrace. A antiga cadeia hoje é aberta ao público para visitação.

The Residency:
Feita em 1927 como moradia oficial do administrador regional da Austrália Central, foi usada até 1973. Depois disso a casa foi restaurada e aberta à visitação em 1996, como centro de exposição de história local.

Panorama Guth:
Trata-se de uma pintura de 360 graus das principais atrações do Red Centre. O autor desta obra é o holandês Hendrik Guth que viveu na cidade. O local também dispõe de uma exposição de artefatos aborígines.

Alice Springs Telegraph Station Historical Reserve:
Foi nesse local onde se formou o primeiro povoado de Alice Springs. Os edifícios e o equipamento da estação de telégrafo, feita em 1871, estão preservados. Um museu descreve a montagem da estação e há shows de slides ao redor da lareira de junho a agosto.

Alice Springs Desert Park:
Este parque no oeste da cidade apresenta bem as características naturais e à vida selvagem da região. Três tipos de habitat foram reproduzidos: rio de deserto, duna de areia e bosque. Os visitantes podem ver de perto muitas aves e animais do centro da Austrália.

Old Ghan Train Museum:
Ao sul do centro da cidade de Alice Springs está esse museu que expõe vários objetos do trem Ghan. O trem viajou pela primeira vez de Adelaide a Alice Springs em 1929, seguindo o mesmo percurso das caravanas de camelos conduzidas pelos afegãos.

Strehlow Research:
Este é o melhor acervo de artefatos aborígines da Austrália. O centro é dedicado ao trabalho do professor Ted Strehlow com aborígines. Nascido em Hermannsburg Mission, o professor se formou na Adelaide University em 1931, e depois voltou à região para estudar o povo Aranda. Percebendo que sua tradição estava ameaçada, os anciãos lhe pediram para registrar rituais secretos e guardar objetos sagrados. Muitos deles estão guardados em cofres e a exibição é proibida de acordo com códigos tribais.

Château Hornsby Winery:
Inaugurada em 1974, ao sul de Alice Springs, esta é a única vinícola da região central da Austrália. Cinco variedades de uvas são cultivadas com a ajuda de irrigação. A vinícola oferece degustação de vinhos, churrascos, um restaurante e jazz ao vivo nas tardes de domingo. Fonte: Guia da Austrália 2006.

A Hello Study é certificada por: