Os esportes mais populares em cada país para você praticar no seu intercâmbio

 

Só porque você vai viajar, não significa que precisa abrir mão da atividade física. Se você já tem uma rotina de exercícios, o ideal é mantê-la, mesmo em outro país. Até porque faz bem para a sua saúde, tanto física quanto psicológica. E se você não tem esse hábito, quem sabe esta não é uma oportunidade para criar?

A Austrália, o Canadá, a Inglaterra e os Estados Unidos possuem esportes bem característicos e interessantes, que fazem parte da cultura de cada país. Ter uma experiência legítima de morar em um deles significa também praticar alguma dessas atividades esportivas. Por isso, fizemos uma lista das principais modalidades que você vai encontrar por lá.

 

Austrália: perfeita para os amantes do esporte

O ambiente australiano é um convite para a prática de várias atividades físicas. Os próprios aussies são bastante competitivos e, desde a infância, tem total apoio da família para praticar algum esporte, sem falar na infraestrutura local. A natação, o surfe, o tênis e o críquete figuram entre os mais populares, mas não são os únicos. Tem o futebol australiano, que lembra o rugby, o próprio rugby, o golfe, que não é um privilégio das elites, e o netball, mais jogado pelas mulheres. Dá até para rolar uma partida do nosso futebol brasileiro.

O surfe com certeza é mais praticado no verão, quando as ondas são melhores por causa dos ciclones no Pacífico. Mesmo assim, a Austrália tem ondas durante todo o ano e a impressão é de que todos no país surfam. Os points já ficam lotados desde antes de o sol nascer e continuam assim até depois que ele se põe. A diferença do inverno é o vento frio e a temperatura da água, que pode atingir uns 18o C. Nesse caso, melhor vestir roupa de borracha.

Apesar da pouca familiaridade, com certeza você vai ter uma chance de experimentar o críquete. É comum jogar partidas nas praias e nos parques. E também nas escolas, durante o intervalo das aulas. O golfe também tem a sua popularidade. Apesar de restrito aos campos e clubes, esses locais aceitam pessoas avulsas, além dos associados.

E se você não se sentir à vontade para tentar o rugby e o futebol australiano, os dois esportes mais populares do país, pode jogar o futebol brasileiro sem problema. Apesar de secundário, ele vem ganhando adeptos, não só pela influência inglesa, como também pelo grande número de imigrantes que adoram o esporte.

Canadá: esporte é saúde pública

É isso mesmo o que você leu. O governo canadense considera a prática de esportes uma questão pública de saúde. Por isso, incentiva seus cidadãos a adotar uma modalidade esportiva. Essa postura é bastante útil para combater o sedentarismo e a preguiça provocados pelo frio. Não à toa, atividades físicas são uma paixão nacional. A maioria, claro, no gelo.

O hóquei, o curling, a patinação e o esqui são os mais queridos. O primeiro, inclusive, foi criado no Canadá, nas províncias de Ontário e Nova Escócia. Provavelmente, você vai se sentir motivado a jogar, depois de se reunir com os canadenses no sábado, à noite, para assistir a uma partida. O curling também tem um público fiel e não faltam locais onde você pode praticar.

A patinação, além de modalidade esportiva, vira método de transporte no inverno. Quando congelam, lagos e rios se transformam em pistas para os patinadores. Em Ottawa, uma extensão de 8 km do canal Rideau serve para praticar. O mesmo acontece em Winnipeg, no Red River. São 10 km que formam a maior pista do mundo para patinação. Outra experiência que você não pode deixar de ter é o esqui. No Canadá, estão as melhores estações da América do Norte: Banff, em Alberta, e Whistler, na província ao lado, a Colúmbia Britânica.

Mas nem só de esportes no gelo vive o Canadá. Apesar de famoso nos Estados Unidos, o beisebol também é popular entre os canadenses, principalmente no verão. Outro esporte norte-americano bastante comum no Canadá é o basquete. Entre outubro e junho, os moradores instalam suas cestas nas portas das garagens e adaptam algumas quadras de hóquei para o jogo. Nosso futebol também tem seu lugar: é possível encontrar campos de uso público pelas cidades.

Estados Unidos: os esportes que estão virando o jogo

A terra do Tio Sam sempre foi conhecida pelo basquete, o beisebol e o futebol americano. Alunos das high schools são incentivados a escolher entre essas três modalidades para se dedicar e, quem sabe, conseguir uma bolsa de estudos, não só na escola, como também em uma universidade. Entretanto, o hóquei e o futebol inglês, que é o mesmo do Brasil, estão crescendo em popularidade e podem muito bem alcançar os demais num futuro próximo.

O basquete é o mais praticado por ser amplamente difundido entre homens e mulheres, de todas as idades. Além disso, há uma enorme quantidade de quadras com cestas espalhadas pelas cidades. O beisebol, mesmo sendo uma invenção nativa e encontrado em todo o país, é mais jogado na região nordeste, principalmente em Nova Iorque, onde o público das partidas é maior.

Já o futebol americano, conhecido por lá apenas como football, é o mais masculino de todos os esportes, o que o torna mais restrito. Mesmo assim, as partidas têm expectadores na casa dos milhões, inclusive as universitárias. Para praticar, assim como o beisebol, você precisará de um campo, ou improvisar nos parques públicos. Ao contrário desses dois, o futebol inglês, conhecido por lá como soccer, leva a mesma vantagem do basquete para crescer, admitindo homens e mulheres de qualquer idade.

Outro esporte que têm crescido em popularidade nos Estados Unidos é o hóquei, mas é um pouco mais difícil de praticar que o nosso futebol, pois necessita de quadras de gelo. E elas são mais fáceis de encontrar nos estados do nordeste e do centro-oeste do país, onde o clima é mais frio. Outro fator que dificulta sua abrangência é a violência com que os norte-americanos se comportam nas quadras: quase sempre os jogos contêm expulsões ou suspensões.

Inglaterra: a mãe do nosso futebol

Se você gosta de futebol, pode ir para a Inglaterra tranquilo. O esporte está em primeiro lugar entre os preferidos dos ingleses. Aliás, foram eles os inventores do jogo – achou que fôssemos nós? Charles Miller, brasileiro descendente de ingleses, trouxe a bola de futebol pela primeira vez ao Brasil e deu origem a essa paixão nacional.

Voltando ao assunto: não vai faltar oportunidade para praticar ou assistir a uma partida de futebol na Inglaterra. Aliás, se você quiser adquirir ingressos para acompanhar de perto aos jogos do Arsenal, do Manchester ou do Liverpool durante a Premier League, é bom se apressar, pois eles costumam esgotar meses antes.

Outra prática esportiva inglesa trazida por Charles Miller para o Brasil foi o rugby. É verdade que o esporte é mais popular em outra nação do Reino Unido, o País de Gales, mas também é bastante querido entre os ingleses. E como se a criatividade esportiva não tivesse fim, a Inglaterra ainda é responsável por inventar o críquete.

Além dessas três invenções, ainda é possível praticar golfe e tênis na Inglaterra. O primeiro foi criado pelos escoceses, mas você consegue encontrar campos de vários tipos por todo o país. Já o tênis tem origem francesa, mas só passou a ser conhecido no mundo inteiro por causa dos ingleses. Não à toa, o torneio de tênis mais antigo e de maior prestígio do mundo nasceu na capital londrina: o Torneio de Wimbledon. Se você é fã, precisa conhecer o museu do torneio e adquirir ingressos, caso seu intercâmbio seja durante o mês de junho.

 

Agora, mesmo se você não for fã ou não tiver curiosidade por nenhum desses esportes, ainda assim é importante manter sua atividade física em dia. Procure se matricular em alguma academia, correr ou fazer caminhadas em praças e parques. Além de manter a boa forma, os exercícios vão ajudar a preservar a sua saúde. Ninguém gosta de ficar doente, principalmente em um país estrangeiro. Pense nisso.

Posts Relacionados

Conheça o processo de intercâmbio passo a passo.

  Todos os diretores e funcionários da Hello Study já realizaram intercâmbio, ao menos, uma vez na vida. Por isso, a...

Leia mais +

Job List & Work Guide - Gold Coast

JOB LIST: LAST UPDATE: 04/12/2019 Welcome to the weekly JOB LIST from Hello Australia – GOLD COAST. Our main goal is to...

Leia mais +

Palestras especiais para quem quer trabalhar e estudar na Austrália ou no Canadá

Outubro está chegando e com ele eventos exclusivos da Hello Study. No próximo mês, teremos o Bate-Papo Hello Study, em parceria...

Leia mais +

20 curiosidades para quem acredita que conhece os Estados Unidos.

  Por mais filmes e séries de TV americanas a que assistimos, os Estados Unidos ainda podem surpreender muitos intercambistas brasileiros....

Leia mais +

A Hello Study é certificada por: