Os cursos disponíveis para estudantes internacionais: Qual escolher?

 

No exterior, você encontra diferentes tipos de cursos para fazer seu intercâmbio de estudos. Neste artigo, vamos esclarecer quais oportunidades de ensino estão disponíveis nos países onde a Hello Study trabalha e quais as exigências para você ingressar. Assim, será possível fazer uma escolha mais consciente na hora de contratar o seu intercâmbio.

 

Cursos de inglês para diferentes níveis

Austrália, Inglaterra, Canadá, Estados Unidos. Instituições em todos esses países oferecem cursos de inglês voltados a estudantes estrangeiros, dos mais diferentes níveis. Qual escolher vai depender do seu nível de conhecimento do idioma e também do seu objetivo.

Os cursos de General English são procurados por estudantes dos níveis básico e intermediário, principalmente, mas também atendem a alunos de nível avançado que desejam aprimorar a fluência em um país de língua inglesa.

Já os cursos de Business English e para fins acadêmicos são voltados para estudantes e profissionais com melhor conhecimento da língua. Assim como o curso de Business English, você encontra outros também voltados para as mais variadas especialidades. As áreas mais comuns são Finanças, Marketing e Administração. Países mais procurados para esse tipo de curso são a Austrália e o Canadá, e a duração dos seus estudos pode ser de um a seis meses.

O Inglês Acadêmico, conhecido na Austrália como EAP, são voltados para estudantes que têm interesse em ingressar num curso profissionalizante ou até mesmo numa universidade e que precisam aperfeiçoar seus conhecimentos em inglês para conseguir acompanhar as aulas. Além de treinar habilidades essenciais como leitura, escrita, compreensão e conversação, os alunos se familiarizam com a metodologia e os conteúdos exigidos nas escolas e universidades. Esses cursos podem ser feitos em escolas de idiomas ou nas próprias instituições de ensino superior. No segundo caso, o resultado no curso pode isentar o aluno de fazer um exame de proficiência para entrar na graduação.

Outra opção para fazer um curso de inglês no exterior é exatamente certificar a proficiência do aluno na língua, em geral habilitando sua entrada em alguma universidade. As certificações mais conhecidas são Cambridge, IELTS, TOEFL e TOEIC. As instituições de ensino norte-americanas e canadenses costumam exigir o TOEFL, fornecido pela Educational Testing Service, de Nova Jersey. Já o britânico IELTS predomina na Inglaterra e na Austrália, embora também seja exigido no Canadá. O TOEIC é mais voltado para o mercado de trabalho, avaliando o desempenho do aluno em apresentações, salas de reunião, conversas ao telefone e viagens. Por último, a certificação do Cambridge é mais abrangente e válida por toda a vida.

Cursos profissionalizantes

Aprender inglês nem sempre é o objetivo de alguém que deseja estudar no exterior. Existem outras modalidades de ensino lá fora que admitem intercambistas de outros países. Uma delas é o ensino profissional, que forma técnicos e tecnólogos. Essa é uma opção para pessoas que desejam entrar no mercado de trabalho sem a necessidade de cursar a universidade, ou já são formados e querem se atualizar, até mesmo para, quem sabe, trocar de profissão.

O ensino profissionalizante pode ser encontrado nas mais diversas áreas: Turismo, Hotelaria, Saúde, Medicina, Administração, Marketing, Engenharia, Design, Tecnologia da Informação e muitos outros.

Na Austrália, o ensino profissionalizante recebe o nome de Vocational Education and Training – VET. Entre as instituições que oferecem esses cursos, aquelas que são mantidas pelo governo recebem o nome de Technical and Further Education – TAFE. No país, existem vários níveis de certificação oferecidos por cada curso, dependendo do grau de complexidade. A opção por qual nível começar depende da sua formação e do seu conhecimento.

Para você fazer um curso profissionalizante em qualquer país, é preciso se informar sobre os requisitos de cada instituição, pois eles variam bastante. Para a sua sorte, a Hello Study conhece todos eles. Alguns cursos são mais fáceis de entrar, enquanto outros são bem mais exigentes. Se você pretende cursar Design, por exemplo, provavelmente vai ter de apresentar um portfólio de trabalhos. Mas duas coisas são certas: a análise da sua grade curricular e do seu nível de inglês, para saber se você vai conseguir acompanhar o curso.

Dependendo da sua familiaridade com a língua inglesa, talvez você precise fazer um curso de inglês acadêmico, conhecido como Pathway, antes de começar o curso profissionalizante. Esse tipo de curso também pode substituir o exame de proficiência, caso você não tenha. O mesmo pode acontecer com o seu Ensino Médio, dependendo da instituição onde você estudou e do país para onde você está indo. Na Austrália, por exemplo, o Ensino Médio possui um ano a mais do que o brasileiro, o que exige aos intercambistas fazerem o Foundation Year, que seria equivalente ao 12º ano de estudos.

Ensino Superior

Para entrar em uma universidade no exterior, o processo é semelhante ao dos cursos profissionalizantes: você precisa fazer um exame de proficiência, para provar que tem inglês compatível com os demais alunos, e ter a escolaridade exigida. Dependendo do país, além do exame de proficiência e do diploma do Ensino Médio, você pode ter de apresentar seu histórico escolar e participar de entrevistas.

Caso seja necessário equiparar sua escolaridade com a dos outros estudantes, existem algumas alternativas para você fazer isso, dependendo do país e da instituição. Um exemplo é ter cursado um ano de faculdade em uma instituição reconhecida pela universidade onde você deseja ingressar. Outro é já ter feito um curso profissionalizante no país. Ou, ainda, ter mais de 21 anos e já ter trabalhado na área em que deseja estudar.

Caso você escolha fazer sua graduação no Canadá, saiba que cursos superiores por lá podem dar permissão de trabalho por meio período. Já na Austrália, há um detalhe importante: as faculdades são pagas por matéria. Por isso, muitos intercambistas decidem fazer cursos profissionalizantes antes de entrar na faculdade, pois eles ajudam a eliminar matérias no Ensino Superior. Assim, os alunos economizam e ainda chegam ao final da graduação mais rápido.

 

Pronto! Agora que você conhece todas as opções de estudo no exterior, saiba que a Hello Study trabalha com todos esses cursos e pode ajudar tanto na sua escolha como também na realização do seu sonho. Entre em contato com um dos nossos consultores e conte com a gente!

Posts Relacionados

Como a Austrália enfrenta a COVID-19

A Hello Study sabe da importância de nossos alunos se manterem informados sobre a situação da Austrália durante a pandemia...

Leia mais +

Como fica seu intercâmbio para a Austrália?

Atualizado em: 26.03.2020, às 16:10h (horário de Brasília) Atualização: Situação do país: A Austrália, desde 20.03.2020, fechou suas fronteiras para a entrada de estrangeiros....

Leia mais +

Como fica seu intercâmbio para o Canadá?

Atualizado em: 26.03.2020, às 20:10h (horário de Brasília) Atualização: situação do país. Situação do país: O premiê canadense Justin Trudeau anunciou no dia 16.03 o fechamento...

Leia mais +

Como fica seu intercâmbio para os Estados Unidos?

Atualizado em: 17.03.2020, às 19:20h (horário de Brasília) Atualização: voos Situação do país: Os Estados Unidos permanecem, até o momento, abertos para a entrada de...

Leia mais +

A Hello Study é certificada por: