Hobart

Com 190.000 habitantes, Hobart é um lugar que combina o dinamismo de uma cidade moderna, com a riqueza da herança colonial, cercada por uma beleza natural incrível. Battery Point é o coração histórico da cidade e possui cerca de 90 prédios coloniais tombados pelo Tesouro Nacional. A parte chamada de Sullivans Cove é o centro desta cidade cosmopolita, e vai do Old Warf (antigo cais), onde desembarcam os primeiros colonizadores, até a vila de pescadores Battery Point. Assim como as demais cidades do Estado, a capital aproveita ao máximo a beleza natural de seus arredores. O custo de vida é mais baixo comparado as grandes cidades como Sydney e Melbourne.

HISTÓRIA

Hobart é a capital da Tasmânia, ou Tassie como é carinhosamente chamado, o único estado insular da Austrália. Localizada na costa sudoeste da ilha, é a segunda cidade mais antiga da Austrália.

Os primeiros colonizadores chegaram em 1803 para instalar uma colônia penal em Risdon Cove na margem oriental do rio Derwent para se precaverem da possível exploração de franceses. Em 1804 ela foi transferido para uma melhor localização onde está hoje a cidade de Hobart em Sullivan Cove. A cidade, inicialmente conhecida como Hobart Town ou Hobarton, é uma homenagem a Lord Hobart, o Secretário da Colonia. A área original era habitada por membros da comunidade semi-nômade da tribo Mouheneener. Vários encontros sangrentos com os europeus e os efeitos das doenças trazidas por eles forçaram a população aborígene a sair do local, que foi substituída por colonos livres e pela população presidiária. Charles Darwin visitou Hobart Town, em Fevereiro de 1836 como parte da expedição Beagle. Ele escreve sobre Hobart em seus diários de viagem.

Uma vez que Derwent River possui uma dos melhores portos com águas profundas da Austrália, cresceu rapidamente como um importante porto, com indústrias conexas, e forte pólo de construção naval. Hobart Town tornou-se uma cidade em 21 de Agosto de 1842, e foi renomeada Hobart em 1875.

 

CLIMA

As temperaturas são bem mais quentes do que se pode esperar de uma cidade próxima à Antártida. As médias variam de 18ºC durante o dia no verão e 9ºC durante a noite. No inverno, as médias variam de 15ºC durante o dia no verão e 6ºC durante a noite. Espalhada sobre sete colinas entre as margens do rio Derwent e o cume do Mount Wellington a cidade mantém uma atmosfera marítima que domina a cidade.

 

Transporte

Ônibus:
A Metro opera a rede de ônibus local; há um serviço de informações de Hobart que fornece os horários dentro da principal agencia de correio, na esquina da Elizabeth St. com Macquarie St. A tarifa única varia entre de AU$ 1,50 a AU$ 3,40 de acordo com a distância percorrida. Por AU$ 3,90 pode-se comprar um ticket unlimited-travel (sem limite de viagens) da Day Rover que pode ser utilizado a partir das 9h de segunda a sexta, e durante o dia todo aos sábados, domingos e feriados. Acesse o site: www.metrotas.com.au

ATRAÇÕES TURÍSTICAS

Constitution Dock:
Este é o principal porto de barcos de pesca e iates, e também o ponto de chegada da corrida de iates de Sydney a Hobart (Sydney to Hobart Yatch Race). Essa corrida anual é famosa e atrai competidores do mundo inteiro, que saem de Sydney e chegam à cidade em tempo para as comemorações do Reveillon.

Parliament House:
Este é um dos mais antigos prédios públicos da cidade. O prédio foi projetado pelo arquiteto colonial John Lee Archer e erguido por condenados entre 1835 e 1841. A House of Assembly e os porões do edifício também podem ser visitados.

Tasmanian Museum and Art Gallery:
Neste edifício de 1863 funcionam o Museu e a Galeria de Arte da Tasmânia. O acervo inclui gravuras antigas e pinturas, artefatos aborígines e amostras de plantas nativas.

Theatre Royal:
Construído em 1837, este teatro é o mais antigo da Austrália. Muitos atores de prestígio consideram esse teatro um dos mais encantadores do mundo.

Criminal Courts and Penitentiary Chapel:
Na época colonial, os tribunais e as capelas das prisões costumavam ficar próximos para facilitar a aplicação de sentenças judiciais e de penitências religiosas. O complexo de edifícios guarda passagens subterrâneas, celas do tipo solitária e um pátio de execuções.

Salamanca Place:
Aqui ficavam as primeiras indústrias da colônia, que produziam desde geléias até metais fundidos e farinha. Hoje em dia, Salamanca Place é um dos lugares mais animados e criativos de Hobart. Os armazéns foram convertidos em galerias de arte e artesanato, lojas de móveis antigos, livrarias e antiquários. O Salamanca Arts Centre também oferece ateliês de artistas contemporâneos, teatros, galerias de exposições e os melhores pubs e restaurantes da cidade. O mar e o Mount Wellington delimitam o local. O auge da movimentação acontece no sábado de manhã, com o Salamanca Market. As barracas desse mercado vendem obras de arte, artesanato e alimentos frescos.

Battery Point:
Essa vila à beira-mar foi fundada em um promontório vizinho ao povoado original e ao cais. Graças ao posicionamento estratégico, acabou ganhando uma bateria de canhões para reagir a eventuais ataques de inimigos. O antigo quartel, construído em 1818, hoje fica em um parque arborizado. Oferece lojas de antiguidades, galerias de arte, casas de chá e restaurantes. Parte do passado deste local está conservado em suas ruas estreitas, iluminadas a gás, nas casas de pescadores e pubs.

Maritime Museum:
Este museu marítimo está localizado em uma das ruas e casas mais antigas de Battery Point, de frente para o rio Derwent. Aqui os turistas encontram um acervo repleto de relatos de navegação, com relíquias, manuscritos, documentos de viagem e fotografias sobre a história marítima da Tasmânia.

Castray Esplanade:
A Castray Esplanade foi originalmente planejada no século 19 como um calçadão ao longo do rio, e é até hoje um dos melhores lugares da cidade para uma caminhada. As Commissariat Stores, lojas do período colonial, ficam ao longo do trajeto. Elas foram restauradas e hoje abrigam residências, escritórios de arquitetura e galerias de arte (como a Sidewalk Gallery).

Anglesea Barracks and Military Museum:
Temendo invasores vindos do mar, os primeiros habitantes de Hobart organizaram logo uma milícia, sediada nos Anglesea Barracks. Estes barracões militares são os mais antigos da Austrália, e ainda são utilizados pelo exército.

A Hello Study é certificada por: