Brisbane

Atravessando um próspero momento de expansão, Brisbane é muito segura e com um alto nível de desenvolvimento cultural, econômico e social. Possuindo um dos maiores perímetros urbanos do mundo, a cidade é cortada pelo rio Brisbane, totalmente navegável, e conta com um sistema de transporte público muito eficiente. Nos últimos anos, a cidade vem substituindo as antigas construções da era colonial. Os edifícios modernos e avenidas expressas demonstram bem isso. O custo de vida em Brisbane é menor do que os de Sydney ou Melbourne. Brisbane oferece uma vida noturna vibrante e aqueles que pretendem morar, estudar ou se aventurar por lá, terão a chance de conhecer os famosos pubs e baladas da cidade.

História

Brisbane é a terceira maior cidade da Austrália com aproximadamente 1,6 milhões de habitantes, incluindo a região central e metropolitana. Capital do estado de Queensland, a bela cidade foi construída para ser colônia penal de indivíduos que cometessem crimes na Austrália. O crescimento da cidade acompanha as margens do rio Brisbane e abriga a região central oferecendo diferentes opções culturais e sociais. Brisbane teve bastante exposição internacional por sediar os Jogos Commonwealth de 1982, disputados por países da comunidade britânica e a Expo 88.

 

Clima

A cidade é quente e úmida e seus 300 dias de Sol por ano representam bem a frase Queensland – The Sunshine State (Queensland – O Estado Ensolarado) que está impressa nas placas de muitos carros da cidade. Uma ótima opção é passar um final de semana na cidade vizinha: Gold Coast. Trata-se de uma famosa cidade com inúmeras praias que fica a apenas 1 hora de trem do centro de Brisbane.

Transporte

Citycat:
Estes agradáveis barcos saem a cada 20 a 30 minutos, entre as 5:50 da manhã e 12:30 da noite, no sentido sudoeste-nordeste, e vice-versa. Bastante úteis também são os Inner City Ferries, que navegam para cima e para baixo do rio entre North Quay, próximo a Victoria Bridge, e Sydney Street.

Ônibus:
O Loop, um serviço de ônibus grátis que circula pelo centro de Brisbane, sai a cada 10 minutos de segunda a sexta-feira, entre 7h e 18h. Outros ônibus saem a cada 10 a 20 minutos, de segunda a sexta, das 5h às 18h, e com a mesma freqüência aos sábados pela manhã, começando a circular às 6h. Os serviços são menos freqüentes em outros horários, parando de circular às 19h aos domingos e à meia-noite nos outros dias.

Trem:
A veloz rede ferroviária Citytrain possui sete linhas que percorrem desde a distante Gympie North ao norte (pela Sunshine Coast) e Nerang e Robina ao sul (pela Gold Coast). Todos os trens atravessam as estações Roma St., Central e Brunswick St.

Informações sobre itinerários e conexões de ônibus, trem e balsa podem ser obtidos no site: www.transinfo.qld.gov.au

Atrações Turísticas

Brisbane oferece inúmeras opções de lazer, passeios ao ar livre, lugares para fazer compras, bons restaurantes, museus e muitos parques. A Prefeitura da cidade organiza uma grande variedade de eventos culturais e de lazer.

Centro de Brisbane:
Queen Street é atualmente um calçadão comercial e ponto central da cidade. A maioria dos edifícios históricos estão ali por perto, uma vez que o porto teve um papel fundamental no desenvolvimento da cidade. A Alice Street abriga o Jardim Botânico e por lá estão pubs antigos que foram restaurados

ANZAC Square:
Esta sigla significa Australian and New Zealand Army Corps (Corporação de exércitos Australianos e Neozelandeses) e representou o esquadrão militar criado para auxiliar os aliados na Primeira e na Segunda Guerra Mundial. Todas as cidades australianas homenageiam àqueles que deram a vida pelo país. O memorial de guerra fica no centro da ANZAC Square, um parque agradável com baobás e outras espécies de plantas. Pela entrada da Ann Street é possível ver a Chama Eterna que queima no monumento posicionado ali.

City Hall:
Concluído em 1930, o edifício neoclássico da City Hall (prefeitura) abriga a Brisbane City Council, a maior câmara municipal da Austrália. No topo de sua torre de 92m, erguida em estilo renascentista italiano, há uma plataforma que pode ser visitada. Do alto se tem a vista panorâmica de toda a cidade. A City Hall Art Gallery apresenta exposições de arte contemporânea e aborígine.

St Stephens Cathedral:
Os colonizadores de Brisbane financiaram a construção desta catedral católica em estilo gótico inglês. Projetada pelo arquiteto colonial Benjamin Backhouse, ela foi concluída em 1874. A fachada principal possui duas torres gêmeas e belos vitrais. Ao lado fica a primeira igreja da cidade, St. Stephens Church. O projeto é do arquiteto inglês Aw Pugin que trabalhou na Houses of Parliament de Londres.

Parliament House:
Trata-se de um prédio do final do século 19 projetado em estilo renascentista francês pelo arquiteto Charles Tiffin. Ao contrário de muitos outros parlamentos dos primórdios da Austrália, este continua servindo a seu propósito original e mantém somente um corpo parlamentar. A visitação pública é permitida quando o parlamento não está reunido. Destaque para o famoso vitral com a imagem da Rainha Vitória.

General Post Office:
Este atraente edifício neoclássico foi finalizado em 1879 e foi o primeiro correio oficial da cidade. Neste local, antigamente, ficavam os barracões ocupados por prisioneiros. O correio central de Brisbane funciona neste edifício até hoje. A Post Office Square, em frente ao General Post Office, é um lugar agradável para relaxar, apreciando a paisagem e as fontes da ANZAC Square.

Jardim Botânico:
Situado às margens do rio Brisbane, é o segundo maior jardim botânico da Austrália e um ótimo refúgio em meio à agitação dos arranha-céus. No passado abrigava a horta dos prisioneiros da colônia penal. A área começou a ganhar sua aparência atual em 1855, pelas mãos do botânico Walter Hill. Centenas de aves aquáticas freqüentam os lagos espalhados pelos 18 hectares do jardim. Hoje o famoso manguezal do rio Brisbane é uma área protegida. Uma passarela foi construída especialmente para que possa ser admirado.

Old Government House:
Projetada pelo arquiteto colonial Charles Tiffin, a construção da primeira Government House foi concluída em 1862. Destaque para os arcos em estilo normando no andar térreo. Até 1910, foi a residência do governador e a sede administrativa do Estado. Após o mandato do vice-rei, o edifício foi ocupado pela University of Queensland, hoje localizada no bairro St. Lucia. Desde 1973 o edifício abriga a sede do National Trust Queensland.

Lone Pine:
Este é o maior santuário de coalas (quase 130) e outros animais tipicamente australianos como Cangurus, Serpentes, Demônios da Tasmânia, etc. Os turistas podem tocar e tirar fotos com os animais. Site: www.koala.net

Australia Zoo:
Steve Irwin, o famoso “Caçador de Crocodilos” – morto recentemente na Austrália devido ao ataque de uma arraia – deixou seu maravilhoso legado como herança. O Zoológico promove várias atrações e shows durante o dia todo. www.crocodilehunter.com

Moreton Island:
Esta ilha paradisíaca oferece aos turistas a opção de alimentar golfinhos. Esse é um dos passeios mais impressionantes. Moreton Island fica a apenas 35 km da cidade de Brisbane. www.dolphinwild.com.au

Dreamworld:
Este parque trabalha com atrações relacionadas à realidade do país. São atrações que vão de montanhas-russas a floresta com coalas. Destaque para o IMAX Theatre com uma tela de cinema gigantesca, equivalente a um edifício de seis andares. www.dreamworld.com.au

MovieWorld:
Trata-se de uma filial dos estúdios de Hollywood na Austrália. Nesse parque temático são mostradas as montagens e os efeitos especiais dos filmes mais conhecidos. O clima descontraído do parque faz com que qualquer um se sinta no mundo da fantasia. Diversas atrações, incluindo uma montanha-russa! O parque fica a 45 minutos de Brisbane. www.movieworld.com.au

A Hello Study é certificada por: