Quer trabalhar na Austrália e no Canadá? Conheça melhor os salários mínimos nesses dois países.

Cada vez mais intercambistas brasileiros escolhem estudar na Austrália ou no Canadá pela possibilidade de poder trabalhar durante seu intercâmbio. Se você está analisando qual destino no exterior é mais indicado para estudar e trabalhar, nós vamos ajudar no seu planejamento.

E já que há a possibilidade de trabalhar nestes dois países, vamos comparar os salários mínimos em cada um deles.

Primeiro, é importante lembrar que, desde o dia 1º de janeiro de 2018, o salário mínimo no Brasil é de R$ 954,00 mensais. Esse valor corresponde a R$ 5,00 por hora de trabalho, considerando que nós, brasileiros, trabalhamos 44 horas semanais. Você precisa ter esses números em mente porque cada país tem o seu jeito de estabelecer o salário mínimo e a jornada de trabalho, entre outros detalhes que regem a relação do empregador e do funcionário.

Bem-vindo à Austrália, terra do maior salário mínimo do mundo.

Você não leu errado. A terra dos cangurus detém hoje o maior salário mínimo, segundo a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE, que reúne 36 países. O salário base na Austrália equivale a sete salários mínimos brasileiros – agora você entendeu porque o Brasil é um dos países que mais envia intercambistas para lá.

O salário mínimo australiano é calculado por hora, e não por mês como aqui no Brasil. Hoje, ele é de AU$ 18,93 brutos (sem impostos) por hora trabalhada. Considerando que a jornada de trabalho no país é de 38 horas semanais, esse valor equivale a AU$ 719,34 por semana, ou AU$ 2.877,36 mensais.

O salário atual entrou em vigor no dia 1º de julho de 2018 e, nessa mesma data, em 2019, deve aumentar de novo. Isso porque a Justiça do Trabalho na Austrália, denominada Fair Work Commission – FWC, reúne seu painel de especialistas todos os anos com o objetivo de rever o valor do salário mínimo.

Para você ter uma ideia do aumento praticado pela FWC, o salário mínimo anterior, em vigor entre julho de 2017 e junho de 2018, era de AU$ 18,29 por hora, equivalente a AU$ 2.780,00 por mês.

Abrimos as portas e os salários do Canadá para você.

O salário mínimo canadense se aproxima do australiano por ser calculado também em horas. Mas as semelhanças param por aí. A jornada de trabalho é maior, com 40 horas por semana, mas ainda assim menor do que as 44 horas semanais no Brasil. Outra diferença entre os três países é de que, no Canadá, cada província estabelece o seu próprio salário mínimo.

São as províncias que regulamentam a maioria das leis canadenses, incluindo as trabalhistas. O Governo Federal é responsável apenas por estabelecer parâmetros e diretrizes básicas. Por causa desse fato, a diferença do salário mínimo de uma província para a outra pode chegar a C$ 4,00 por hora. Considerando as 40 horas semanais de trabalho, essa diferença pode ultrapassar o valor de C$ 500,00 por mês.

Na província de Ontário, onde está a cidade de Toronto, destino certo para milhares de intercambistas, o salário mínimo atual é de C$ 14,00 por hora. Esse valor está em vigor desde 1º de janeiro de 2018 e foi o maior salário mínimo do país até 1º de outubro, quando a província de Alberta aumentou o seu para C$ 15,00 por hora. Agora, a boa notícia: o governo provincial de Ontário já se comprometeu em aumentar de novo o salário mínimo em 1º de janeiro de 2019, também para C$ 15,00.

Na província de British Columbia, onde está a cidade de Vancouver (onde a Hello Study tem escritório local), o salário mínimo é de C$ 12,65, desde 1º de junho de 2018. Porém o governo já estabeleceu datas para aumentar o salário anualmente, até 2021, quando deve atingir o patamar de C$ 15,20 no dia 1º de junho.

Seu salário dentro da média dos trabalhadores australianos e canadenses.

Se você está pensando em fazer intercâmbio em um desses dois países, não se preocupe: a média salarial praticada pelo mercado, tanto na Austrália quanto no Canadá, está de acordo com o salário mínimo estipulado pelos seus governos. Na Austrália, o salário médio está entre AU$ 19,00 e AU $ 22,00 por hora, enquanto que, no Canadá, a média de valor está entre C$ 12,00 e C$ 15,00 por hora, dependendo da província.

Isso se deve ao fato de os salários mínimos em ambos os países refletirem de forma melhor o custo de vida dos seus cidadãos e o valor praticado pelo mercado de trabalho. Algo a que nós, brasileiros, não estamos acostumados.

E aí? Já decidiu o destino do seu intercâmbio?

Calma! Além do valor do salário mínimo, você precisa considerar outras variáveis antes de escolher em qual país morar, estudar e trabalhar, como o custo de vida, as condições e requisitos de trabalho, além do perfil das cidades.

Por exemplo: para trabalhar na Austrália, você pode estar matriculado em qualquer curso, desde que tenha mais de 13 semanas de duração. No Canadá, o estudante estrangeiro precisa se matricular em um College ou universidade para conseguir trabalho.

Nos próximos posts, vamos trazer ainda mais informações para você fazer a melhor escolha.

Posts Relacionados

Black November Hello Study

Se você estava esperando promoções para iniciar seu projeto de intercâmbio, a hora chegou. O mês de novembro está recheado de...

Leia mais +

Job List & Work Guide - Gold Coast

JOB LIST: LAST UPDATE: 14/11/2018 Welcome to the weekly JOB LIST from Hello Australia – GOLD COAST. Our main goal is to help...

Leia mais +

Bate-papo Hello Study | Estudar e trabalhar no Canadá

No mês de novembro, a Hello Study preparou uma palestra super especial para você que quer estudar no Canadá. Em parceria...

Leia mais +

Quem escolhe o campus de Sydney da escola Langports contribui em diversos projetos sociais

Langports: ajudando crianças carentes pelo mundo. Os estudantes da Hello Study que escolhem estudar na escola Langports, mais especificamente na cidade...

Leia mais +

A Hello Study é certificada por: